Seja bem-vindo ao Dakota Johnson Brasil, sua fonte mais atualizada de informações sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue ao lado e divirta-se com todo o nosso conteúdo. O Dakota Johnson Brasil não é afiliado de maneira alguma a atriz, sua família, amigos ou representantes. Este é apenas um site feito de fãs para fãs, sem fins lucrativos.

Foi anunciado pelo DEADLINE que Dakota Johnson estrelará uma adaptação da obra Persuasão, de Jane Austen. Confiram a tradução da notícia abaixo:

A estrela de 50 Tons de Cinza Dakota Johnson irá estrelar a adaptação moderna feita pela Netflix e pela MRC Films de Persuasão, da Jane Austen.

Carrie Cracknell, que dirigiu Jake Gyllenhaal e Tom Sturridge na peça Sea Wall/ A Life na Broadway, resultando em indicações ao Tony Awards, irá fazer sua estreia dirigindo filmes.

Nessa versão de Persuasão, Anne Elliot é uma mulher inconformada e com questões modernas, vivendo com sua família esnobe que está à beira da falência. Quando Frederick Wentworth — a quem ela mandou embora anteriormente — retorna a sua vida, Anne deve escolher entre esquecer o passado ou escutar seu coração sobre segundas chances.

Ron Bass e Alice Victoria Winslow adaptaram a novela de Austen. Andrew Lazar e Christina Weiss Lurie estão produzindo. Os EPSs* são Elizabeth Cantillon, por meio de sua empresa MRC Romance Film, Michel Constable e David Fliegel.

Johnson recentemente estrelou no drama Our Friend, e será vista nos filmes de Maggie Gyllenhaal, The Lost Daughter, e de Stephanie Allynne e Tig Notaro, Am I Okay?. É representada pela WME e pela Untitled Entertaiment.

As filmagens estão previstas para começar em maio.

*EPS: Earnings per share. Responsáveis financeiros pela produção.

Tradução: Equipe Dakota Johnson Brasil | Fonte



Segundo o DEADLINE, Dakota Johnson fará parte do elenco do filme Cha Cha Real Smooth. Confiram a tradução logo abaixo:

Após uma situação de licitação competitiva, Picturestart e Endeavor Content foram escolhidos para co-financiar e produzir Cha Cha Real Smooth. Cooper Raiff, cujo filme de estreia Shithouse ganhou o Grande Prêmio do Júri no SXSW do ano passado, dirigirá um roteiro que escreveu. Raiff vai estrelar com Dakota Johnson.

Raiff vai produzir com Johnson e sua sócia da TeaTime Pictures, Ro Donnelly. Johnson finalizou esta semana Am I OK?, filme que a Picturestart financiou e produziu com Johnson.

Endeavor Content está lidando com as vendas globais com ICM Partners. A produção está programada para começar no verão americano desse ano.

No filme, Raiff consegue um emprego como promotor de uma festa de bar mitzvah – um cara que faz a multidão dançar e se divertir – enquanto ele, separadamente, faz amizade com uma jovem mãe (Johnson) e sua filha autista.

Jessica Switch e Julia Hammer estão supervisionando o projeto da Picturestart.

Johnson, será vista em breve estrelando The Lost Daughter dirigido por Maggie Gyllenhaal.



[ATUALIZAÇÃO 28/01/2021 às 21:38]

Durante a divulgação de seu filme Our Friend, Dakota Johnson mencionou em algumas entrevistas que começará a gravar um novo projeto no início de fevereiro, na cidade de Los Angeles, Califórnia. O filme, ainda sem nome definido, será dirigido pela comediante Tig Notaro e sua esposa Stephanie Allynne, e produzido pela TeaTime Pictures, produtora fundada por Dakota e Ro Donnelly.

Nessa sexta-feira, 22, foi adicionado na filmografia de Dakota Johnson no site IMDb, um novo filme, sem título e a única informação é de que sua personagem se chama Lucy. Ainda nesta sexta, internautas encontraram uma matéria de 2019 no site do DEADLINE, falando sobre os futuros projetos da dupla Notaro e Allynne. Na matéria, é citado um projeto inspirado numa biografia escrita por Lauren Pomerantz, conhecida por trabalhar no Saturday Night Live e no The Ellen DeGeneres Show.

Segundo o DEADLINE, o filme contará a história de Lucy (Johnson) e Jane, de 30 e poucos anos, que são melhores amigas há anos. Elas aprenderam quase tudo sobre a vida e uma da outra juntas. No entanto, existem coisas desconhecidas, ou não totalmente aceitas, que Lucy esconde de Jane e dela mesma. Somente quando Lucy embarcar em uma jornada pessoal, ela enfrentará um teste de sua amizade e seu senso de identidade, em um caminho em que ela pode não estar pronta para seguir.

Foi anunciado pela Variety que o novo projeto de Dakota Johnson se chama Am I Ok?.

Além de Johnson, o elenco conta também com Sonoya Mizuno, Jermaine Fowler, Whitmer Thomas, Molly Gordon, June Diane Raphael, Tig Notaro e Sean Hayes. Junto do anuncio do título e do elenco, foi divulgado novas informações da história, leia abaixo:

Quando Jane anuncia que está se mudando de Los Angeles para Londres em busca de trabalho, Lucy revela um segredo profundamente enterrado e guardado há muito tempo. Enquanto Jane tenta ajudar Lucy a separar velhos padrões e novos sentimentos, o vínculo entre elas se transforma em caos.



Estava praticamente escrito nas estrelas que Dakota Johnson seria uma atriz bem sucedida, já que ela é filha das lendas de Hollywood, Don Johnson e Melanie Griffith. 

A estrela de 30 anos teve seu apogeu na franquia Cinquenta Tons e desde lá estrelou Como Ser Solteira. Seu último filme é uma comédia de conforto chamada The High Note, Dakota interpreta Maggie, uma assistente de uma pop star que deseja ser mais que isso. 

Apesar de seu contexto ter significado o incentivo a seu talento, isso não a fez confortável com a fama ou com o interesse em sua vida particular. Embora ela esteja namorando o vocalista do Coldplay, Chris Martin, há 3 anos, ela nunca postou nenhuma foto dos dois em redes sociais. “Eu sou sortuda e ao mesmo tempo acho difícil”, diz ela sobre sua complicada relação com estar diante dos olhos públicos.

No entanto, ela não mantém tudo privado. Ela já dividiu com seus fãs sua batalha com questões de saúde mental. “Eu tenho depressão desde nova, desde que eu tinha 14 ou 15 anos” ela continua, “Mas eu aprendi a achar isso lindo, porque eu sinto o mundo. Acho que eu tenho várias complexidades, mas elas não saem de mim”

Aqui Dakota nos dá uma pequena amostra de sua vida…

É uma decisão consciente não dividir muito sua vida nas redes sociais?

Sim, é muito mais importante pra mim manter minha privacidade e minha vida pessoal do que fazer marketing comigo mesma. Eu valorizo minha vida. E também valorizo minhas amizades e às respeito. Eu não preciso me exibir na internet. 

Essa decisão de se manter distante das redes sociais foi resultado de uma experiência ruim?

Um pouco. É muito difícil quando todo mundo tem uma opinião sobre a sua vida pessoal. É complicado lidar com isso. Por essa razão, o máximo que conseguir me manter longe, eu irei.

Sua mãe te deu algum conselho sobre manter as coisas privadas?

Não. Minha mãe é muito ativa no instagram e minha vó também (atriz Tippi Hedren). Elas não têm esse problema, eu tenho. É só comigo.

A fama é algo que você gosta de alguma maneira?

Tem um aspecto do meu trabalho que é parte disso, então eu respeito e sou grata pelo sucesso da minha carreira até agora. Eu ao mesmo tempo sou sortuda e acho complicado.

Como você lida com a negatividade na indústria? 

É bem difícil. Acho que se torna mais fácil quando você sai do caminho porque a fama é como um barulho de mosquito nos fundos. Meus pais eram pessoas famosas, mas era um tipo de fama muito diferente na época. Era muito física. Era muito barulhenta. 

Como é a fama agora?

Naquela época, eu ia lugares públicos com meus pais e as vezes era assustador, mas agora é mais uma incógnita. Redes sociais são traiçoeiras. É muito diferente, é difícil mudar sua cabeça e normatizar isso de alguma forma porque não é normal.

Qual conselho seus pais te deram sobre fama?

Pra ser sincera, acho que eles também estão tentando descobrir.

Por que você quis participar de The High Note?

Quando eu li o roteiro, meu coração acelerou e eu dei risada. Eu achei perfeito, e realmente queria ver um filme com uma mulher no centro. Minha personagem é um ótimo modelos pra meninas jovens. Ela nunca desiste. 

Você e Trace Ellis Ross (colega de elenco e filha de Diana Ross) se identificaram por terem pais famosos?

Nós definitivamente nunca falamos sobre isso. Tem muita coisa que você pode dizer sem falar nada quando se trata de se identificar com alguém que cresceu com pais famosos ou, no caso dela, um ícone. Acho que, definitivamente, nós nos reconhecemos um pouco. É muito complicado, mas saber que tem alguém que entende um pouco de como a vida é, é uma sensação maravilhosa.

O que você tem de semelhante com sua personagem?

Eu me identifico com a ambição, a personalidade boba e com seu amor pela música. Eu amo música. Na verdade, eu quase amo mais música do que amo filmes. Eu amo de um jeito puramente emocional. Quando eu assisto um filme, eu estou estudando, eu estou analisando, eu estou aprendendo.

Como você se preparou para esse papel?

Eu aprendi a tocar 4 das canções do filme no Piano. Eu fiz aulas de piano quando criança, mas não tinha praticado desde dessa época, então tive que reaprender. Eu também passei um pouco de tempo com minha amiga Anne Clark, que é uma música que tem como nome artístico St. Vincent. Eu copiei vários hábitos que ela tem no estúdio. 

Você também canta no filme?

Eu não gosto de cantar. Eu canto pra mim mesma no carro e é isso. Já cantei um pouco em um filme que gravei logo antes desse, eu tinha que cantar pra uma comunidade teatral e foi a coisa mais assustadora que eu fiz na vida. Acho que fazer aquele filme me salvou porque eu superei com muita terapia. Fiz mais aulas de canto pra essa filme, também. 

Você tem um grupo grande de amigos que você pode contar?

Eu não tenho um grupo grande de amigos, mas tenho amigos que eu gosto de cuidar. As que estão na minha vida e que eu amo, eu as amo intensamente. Eu quero que as pessoas se sintam completamente amadas. 

O que você gosta de fazer quando não está trabalhando?

Eu gosto de dormir. Gosto de ficar com minha família. Eu amo o oceano e amo coisas aconchegantes, como assistir filmes, ler livros e aprender.

Como você cuida da sua saúde mental na quarentena? 

É tudo sobre cuidar de si mesma e entender que os sentimentos vão embora tão facilmente quanto chegam. É importante ser gentil com si mesma. E deixar todas as sensações entrarem, porque é impossível que esses tempos sejam fáceis pra todo mundo o tempo todo.

Tradução – Ana Luiza



Hoje foi um bom dia para quem é fã de Dakota Johnson! Nossa amada está com mais um projeto novo, dessa vez ao lado de Armie Hammer e Zazie Beetz. Confiram mais sobre o filme, ainda sem título, abaixo na matéria traduzida da Variety:

Dakota Johnson e Zazie Beetz estão em negociação para se juntarem à Armie Hammer no filme de suspense, sem título, da companhia de produção Annapurna.

O diretor de “Under the Shadow”, Babak Anvari, é o roteirista e diretor do filme, com Lucan Toh da Two & Two Pictures, Christopher Kopp da AZA Films e Annapurna Pictures na produção.

O filme segue a vida de um barman de Nova Orleans (Hammer), cuja vida começa a mudar depois de uma série de eventos perturbantes e inexplicáveis acontecerem ao pegar um celular que foi esquecido em seu bar.

Annapurna está apressando o longa, já deixando uma data de estreia prevista para o dia 29 de março de 2019.

Johnson recentemente finalizou sua participação na franquia de “Cinquenta Tons”, com “Cinquenta Tons de Liberdade,” que arrecadou $347,2 milhões de dólares em bilheteria no mundo todo. Ela terminou de gravar o indie “Peanut Butter Falcon,” ao lado de Shia LaBeouf, e o filme de terror da Amazon, “Suspiria.” A atriz está, atualmente, gravando o filme da Fox “Bad Times at the El Royale” com Jeff Bridges e Chris Hemsworth.

Johnson é representada pela WME e Ziffren Brittenham.

Fonte | Tradução: Laura M.



Layout criado e desenvolvido por Lannie.D - Dakota Johnson Brasil © 2020  
Host: Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy